Shut your filthy mouth, I'm not that kind of girl. Thanks, thanks a lot. The only way we're gonna get those two to successfully meet is if they're alone together.

Cohousing Sênior é uma tendência mundial que incentiva as pessoas na faixa etária a partir de 60 anos  a morar de um jeito diferente, sem cercas e, por isso, incentiva a sociabilidade e interação entre eles. É um estilo de moradia diferente do que estamos acostumados a encontrar no Brasil, que representa uma alternativa para incentivar a sociabilidade e novas formas de interação entre as pessoas da terceira idade.

É muito interessante de se imaginar em uma comunidade em que as pessoas se conhecem e frequentam suas casas, dividem tarefas, compartilham a mesa e atividades lúdicas e prazerosas.

Ads

Este conceito foi criado na Dinamarca, na década de 1970 e, hoje o país já conta com 11 habitações deste tipo, o Canadá possui 14 e no Reino Unido existem  cerca de 19 comunidades. Um exemplo é a Older Women’s Cohousing (OWCH), criado em 2016 por um grupo de mulheres da Inglaterra com idade entre 50 e 87 anos. Com  25 apartamentos individuais, possui espaços comunitários para atividades em grupos, como sessões de filme e jantares. Nesse empreendimento, preza-se por viver de uma forma ativa e independente.  Este tipo de moradia ajuda no convívio entre as pessoas e existe uma solidariedade em momentos difíceis porque elas são próximas uma das outras.

No Brasil já existem 16 projetos em desenvolvimento. Alguns exemplos são iniciativas como de um grupo de professores e funcionários aposentados da Unicamp, cujo empreendimento chama-se Vila Conviver e o Conexão,  Gaia de Belo Horizonte que surgiu de uma ideia de 2 mulheres.

Ads