Alimentação saudável equilibra as mudanças da maturidade

Com a chegada da maturidade, naturalmente o corpo dá sinais de mudanças normais deste ciclo de vida. Trata-se de um processo que traz várias modificações hormonais e no metabolismo que podem refletir na vida cotidiana e trazer uma necessidade de se preocupar mais com os nutrientes. Assim, a alimentação saudável deve estar entre as preocupações de quem vive esta fase, pois ela auxiliará nessa passagem por tantas mudanças. Para obter algumas dicas de alimentação, fomos ouvir a nutricionista Jéssica Sousa Dias, do Conselho Regional de Nutricionistas de São Paulo.

 

“Assim como em outras fases da vida, a alimentação deve contemplar os diversos grupos de alimentos, fracionamento das refeições (de 3 em 3 horas), cuidados na seleção, preparo e armazenamento dos alimentos. A constipação intestinal é uma queixa frequente, por isso, a ingestão de líquidos e fibras contidas em cereais integrais, feijão, frutas, legumes e verduras, certamente beneficiará a saúde do intestino”. Os problemas de insônia na fase da maturidade também são comuns e para estes casos, a recomendação é evitar o consumo de café, chá preto, energético e outras bebidas que contenham cafeína depois das 17hs, não consumir alimentos gordurosos e de difícil digestão no jantar e reduzir a ingestão de líquidos antes de dormir. Dra Jéssica ressalta que o planejamento e preparo das refeições em companhia de um amigo ou familiar, possibilita o maior envolvimento com a alimentação e o prazer que ela proporciona, além de contribuir para diminuir os riscos de acidentes na cozinha. “Sentar-se confortavelmente à mesa em companhia de outras pessoas, sejam elas da família, amigos ou o próprio cuidador, proporciona mais prazer com a alimentação e favorece o apetite do idoso”.

Ads